Dores

A dor é forte como arde
te faz sentir vivo
impotente diante ao fato:
ser humano fraco
de não suportar essa angústia,
nem essa saudade.
De ter certeza das incertezas
dessa existência um tanto covarde,
de não suportar essa dor que morde.
faz jorrar água salgada
Mar Morto na minha face
A dor arde, incomoda
mas é necessária nesse momento
para arrancar de vez de mim
todo esse sentimento.

Anúncios
Published in: on abril 1, 2011 at 1:25 pm  Deixe um comentário  

Minha Calma

Me acalma
Minha cama
Calma minha
nas entranhas
Sua calma
me alcalma
Paz na cama
a paz é minha.

Published in: on fevereiro 24, 2011 at 6:07 pm  Deixe um comentário  

É hora

Qual o melhor momento pra ser feliz?
A hora é agora, não adie este tempo precioso que Deus te teu. O futuro te sorrirá como criança e a felicidade te abraçará com muita força.
Não perca tempo amargurando ideias, atitudes pequenas ou descaminhos. São besteiras como essas que tornam o homem o único idiota da Terra.
Não erre em vão, é um tempo perdido. Tente acertar e fazer o correto mesmo que isso te possa parecer farir um pouco, no final sempre vale a pena.

Published in: on fevereiro 22, 2011 at 7:29 pm  Comments (1)  

Sejamos melhores

Vejo muita gente frustrada, cansada da vida, brigando com tudo, estressada, colocando a culpa nos outros, projetando as incertezas e os erros nas coisas, nos objetos, na cultura, no trabalho, na namorada, nos filhos, no país, no mundo e em Deus.

É doloroso em um momento difícil assumir que somos “nós” parte dos problemas e da nossa infelicidade, ou melhor, somos a solução dos nossos sofrimentos e ânsias. Cabe paramos um instante e mudarmos o ponto de vista, ver as dificuldades como o aprendizado necessário à transformação interior, tão necessária quanto um carro novo ou um apartamento de frente ao mar. Pois em nossa rotina de correria não percebemos os sinais da vida que nos mostra o caminho, não lemos a nossa consciência, não vigiamos nossos pensamentos e muitas vezes só aprendemos no sofrimento, que nem uma criança que teima em colocar a mão em algo quente, precisa queimar-se para aprender, mesmo com todos os nossos avisos.

Quando observo as pessoas reclamarem uma das outras vejo refletirem suas próprias fraquezas, sei que auto analisar-se é algo extremamente complicado, mas não enxergo outro caminho para sair desse círculo vicioso da vida alheia, que nada mais é que a perda de um tempo precioso que Deus nos deu.

A revolução de tudo isso é interna, mudar é preciso, vivemos em um mundo onde os valores morais estão invertidos, o dinheiro, a cobiça, a vantagem em tudo, o individualismo são divulgadas como virtude, essa hipocrisia precisa acabar para que tenhamos a visão mais ampla no horizonte cheio de possibilidades. Tiremos o véu do pensamento negativo que dificulta a visão de um mundo mais solidário, real e onde os pequenos e únicos momentos são pérolas do nosso tempo, que nunca mais se repetem. Precisamos aproveitar a grande oportunidade de VIVER, respirar fundo e perceber que ao olhar pro lado temos pessoas que estão com as mesmas dúvidas que nós, vivendo no mesmo mundo e muitas vezes com problemas e provações muito maiores que os nossos ínfimos problemas cotidianos. Cocemos os olhos para acordar, temos muito ainda para aprender, temos o tempo e a força vida, esta, grande oportunidade que Deus nos deu para sermos melhores, então por que viver em sofrimento? A chave desta porta da nova vida está em você. Sejamos melhores a cada segundo, não percamos o tempo estacionado no orgulho, no pessimismo e no sofrimento. Ser feliz pode ser agora, é seu direito atestado por Deus.

Published in: on agosto 27, 2010 at 5:59 pm  Deixe um comentário  

Na dúvida

“Quando ficares na dúvida de qual decisão ou caminho escolher, pergunte a si o que Jesus faria. E então terá feito a coisa certa.”

Published in: on agosto 25, 2010 at 6:29 pm  Deixe um comentário  

Enrolado no arranha-céu

Ando correndo atrás
do que nem me lembro mais
Enrolado no arranha-céu dessa cidade
passo por lugares onde meu coração não sabe
estamos atrasados pra tudo
pra ter sorriso e ser mais gentil
pra ser alegre e sutil
ter milhares de conhecidos que nem conheço
ter e ser tanto quando eu nem mereço
não venha dizer que pra tudo há solução
afinal a cidade está dentro de você
como planta daninha alimentada de você
tento me desenrolar dessas ruas e avenidas
quanto mais me mexo mais fico preso
só uma pequena luz no final do túnel dá pra ver
percebi lá o seu sorriso, era um farol
já estou cheio de você.

Published in: on agosto 16, 2010 at 6:32 pm  Deixe um comentário  

Vida Loka

Alguns adolescentes acham que são imortais

brincam de vida com a morte
nem percebem o grande erro
E o futuro é muito breve
como a fuga da vida difícil
acham que ser bandido é coisa bela

Coisa engraçada:
não repete nos filmes a mesma novela
chorar por quem nunca deu valor a si

Ser um Vida Loka é morrer em vão?
E ver a mãe no seu leito de morte
a violência parece algo natural, em nossa evolução

era tão jovem e tão legal
desde sempre eu vi a história repetida no final
Morte de quem faz falta pra sua família
Morte dos valores e vida a hipocrisia

Adolescentes querem ser Vida Loka
Mas Vida Loka é sua mãe
que acorda cedo pra labuta
segura a família e te atura
Louca é ela que abre mão dos sonhos por sua causa
e no final como agradescimento uma tristeza
não ter seu filho mais sentado a mesa
morto por tiros de outro alguém
que breve repetirá a mesma cena

A roda repete, o filme repete
e todo mundo faz que nunca viu
até um dia sem bater entrar em sua casa
e roubar o que é mais valioso:
seus filhos, maridos e esposas.
Continuamos alienados na TV

O único significado que vejo:
Ser Vida Loka é ser suicida.

E no balcão a morte responde:
Que sorte senhora, o filme está locado a outra mãe.

Published in: on agosto 12, 2010 at 7:33 pm  Deixe um comentário  

Ânsia

Ansioso é estar ocupado com o que ainda não aconteceu
é antecipar os problemas diante ao relógio atrasado
é estar prestes a surtar por qualquer motivo
a ânsia é saber que a qualquer momento podes desaparecer
me esquecer, de um tudo voltar a ser o nada
ânsia é uma palavra que por si só me deixa ansioso
sua pronúncia me deixa irritado e inquieto
com as perturbações da falta de paciência
com as pessoas, com os objetos e os sentimentos
mas a ânsia também é combustível da alma em evolução
das minhas inquietudes com a falta de bom senso
do comodismo e a falta de respeito de outras almas
A ânsia move o ser humano
é assim fugaz, acostume-se
impaciente e desordenado pelos fatos
ansioso por natureza minha própria.

Published in: on julho 30, 2010 at 6:50 pm  Deixe um comentário  

Conversas

Vejo-te falar coisas banais
diante a fumaça do café que esfria
te vejo dizer coisas com os olhos
a espreitar coisas que eu dizia
falei-te que fizera com o tempo
de causos d’alma e espírito
nesse vai e vem de palavras trocadas
nem vimos o tempo passando
o café terminou a horas
e nós acabamos amando.

Published in: on julho 28, 2010 at 1:08 pm  Deixe um comentário  

Injusta Tristeza

Seu olhar pela manhã me deixou mais triste
vi no seu trabalho a infelicidade da alma
a exploração da massa refletido em seus olhos
e seu corpo denunciava a violência que passara
seu subtrabalho é algo que me entristece
sua lágrima não cai, pois é firme
ou já acabou a fonte desta gota amarga
não és acostumada com tal brutalidade
seus olhos denunciam os crimes
que cometeram em seu coração
no seu belo rosto que a tristeza desenha
toda a culpa dessa sociedade hipócrita
que se projeta inconsciente dentro da TV
e esquece de você lá fora
estou triste nesta manhã de inverno
pois sua tristeza me entristece
queria ter coragem para jogar a hipocrisia no lixo
e te dar um sincero abraço
penso nos caminhos que pudera tomar
se não fosse os falsos caminhos
se não fosse as falsas pessoas
que profanam o Eu Te Amo
se seus caminhos fossem oportunos
nas horas que precisasse
teria outro semblante
mais sincero e alegre
mas sua tristeza me entristece
nessa injusta tristeza
seus olhos são cansados
pela exploração que sofrera nesse tempo todo
pela sua juventude, que juventude?
Devia ter estudado
ter meia dúzia de namorados
e depois de tudo muita festa
pra chegar a sua meia idade
ter feito tudo que é de direito
depois constituir família e morrer dignamente
Mas seu caminho não foi de acertos
nem de erros, foi de culpa
agora no sinal eu te vejo
pergunto a mim que culpa eu tenho
de deixar uma alma perdida
solitária nesse silêncio.

Published in: on julho 23, 2010 at 12:37 pm  Deixe um comentário