Minha Vó

Sabe, não costumo exacerbar meus sentimentos, fui criado meio xucro, por uma mãe guerreira e uma vó que aprendera com a vida todo seu vasto conhecimento. Minha vó foi de viagem há alguns anos, nem sei quantos, não costumo contar pra não me enganar com viagens sem bilhetes de volta.

A saudade bate seguidamente quando lembro da minha vó, com seus olhos azuis, fora uma grande mulher, sem estudo, criou dez filhos, na sua ignorante condição de vida simples do campo, deu tudo o que pode e não pode para os filhos, não faltou comida, condição de estudar e o valor da honestidade, este último aprendi com ela.

O que mais me bate a porta do coração quando lembro da minha vó é o seu café, quando me ligava como desculpa para ir a sua casa, eu sentava a sua esquerda no sofá moderno e ela sentava em uma poltrona antiga, surrada pelo tempo. O cheiro da sua casa era de coisa antiga, não aquele cheiro de mofo, mas algo bom do tempo antigo. Ela falava sobre tudo e todos: que o meu tio não aparecia, que a violência andava grande, nem tudo eu escutava, confesso, pois ficava em um certo transe, pois sua voz me acalmava e seu café me acolhia, sentia-me bem apenas de estar ali naquele lugar, ela me ligava diretamente a infância onde as preocupações e problemas cotidianos ainda não se faziam presente.

Tenho muita saudade dela, da minha guerreira e amiga que muito me ajudou nas horas que mais precisei, tenho saudade do seu café e do seu pão, de sua voz e de suas problemáticas, saudade do tempo em que encontrava a paz que hoje procuro em outras estradas. Sei que um dia darei um grande abraço nela e tomaremos aquele café. Por tempo, fico na minha solitária saudade lembrando do momento em que estava ali sentada ao meu lado me mostrando seus artesanatos e contando os causos de quando era mais nova.

Onde quer que esteja, um beijo vó!

*Xucro: adj masc. rude, indomado, matuto, bruto.

Anúncios
Published in: on junho 22, 2010 at 3:20 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://jeanandrade.wordpress.com/2010/06/22/saudade-dela/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: